Acesse sua conta
Recuperar senha
Seja bem vindo em nosso site
apostila para concurso concurso Concurso IBGE concurso Ministério Público Concurso Petrobras concurso público concursos concursos abertos Concurso Sebrae concursos em andamento concursos jurídicos concursos públicos concurso TRE concurso TRF concurso TRT Curso de Violão gabarito PROVA resultado do concurso violão

Newsletter

Como fazer um Carneiro Hidráulico Artesanal

Publicado em 24/fev/2015 por A.L.

hqdefault

 

O carneiro hidráulico, também chamado bomba de aríete hidráulico, é uma máquina mista, com característica de geratriz e de operatriz, que funciona pelo movimento da água através de válvulas, de modo que a única fonte de energia é a própria descarga e a altura da água disponível na captação.

Funciona em decorrência exclusiva da energia proveniente do golpe de aríete, gerado internamente intermitentemente durante seu funcionamento, permitindo elevar uma parcela da água que nele penetra a uma cota superior à de captação. Portanto a grande vantagem desse tipo de equipamento está em não necessitar do auxílio de qualquer motor externo.

Em hidráulica golpe de aríete é uma sobrepressão que ocorre em um líquido em escoamento, quando, por qualquer razão, a descarga é submetida a uma repentina variação, por exemplo causada um fechamento rápido por uma repentina falta de energia. A sobrepressão se transmite através do próprio líquido, atingindo às paredes do encanamento e aos equipamentos a ele ligado. O nome decorre do intermitente e característico barulho proveniente de seu desenvolvimento.

O carneiro hidráulico consta de um pequeno reservatório, que é uma câmara na qual existe uma abertura na parte inferior que pode ser vedada por uma válvula, convenientemente equilibrada por pequenos pesos, compondo o chamado castelo, e uma câmara de ar/água, que contém um volume de ar destinado a amortecer a onda de choque, absorver a energia da água e restituí-la.

Em trabalho a água enche o reservatório e começa a sair pelos orifícios próximos a parte superior, com descarga e velocidade crescentes. A válvula permanece aberta pela ação de seu peso, até que “o vazamento” atinge seu valor máximo e a válvula é arrastada bruscamente para cima, interrompendo o escoamento e gerando o “golpe”, ou seja, uma sobrepressão ao longo do corpo do carneiro, provocando a abertura da válvula da câmara de ar.

Assim. pressionada pela vazão descendente de montante, a água escapa para a câmara de ar e, conseqüentemente, sai pelo tubo de recalque, com uma descarga “q”.  O alívio do golpe faz com que as pressões no interior das câmaras se tornem iguais. A válvula da câmara de ar se fecha e a água volta a escoar pelos orifícios do corpo do carneiro, pois as válvulas voltam a posição de repouso pela ação do seu próprio peso. E assim sucessivamente o ciclo é repetido tendo como único consumo dispendido a vazão perdida através do furos da câmara menor que origina o golpe.

Apostila em formato Word com todo o passo a passo e informações necessárias para fabricação de carneiros hidráulicos artesanais e super econômicos.

BAIXAR ARQUIVO
Formas de pagamento: Formas de pagamento | Desenvolvimento:

Faça seu login ou Cadastre-se

Identifique-se para começar a baixar os arquivos

FAÇA SEU LOGIN

CADASTRE-SE